Chery vai além, e planeja “cidade industrial” no Brasil para 2013

A alta do IPI continua dando dor de cabeça às marcas que importam seus carros para o Brasil. Uma delas é a Chery, que teve de baixar sua expectativa de vendas para 2012 de 60.000 para 30.000 unidades. Mas nesse caso, a solução deve vir em 2013, e em grande estilo.

Segundo o presidente internacional da marca, Zhou Biren, a Chery planeja a construção de uma “cidade industrial” por aqui, mais especificamente na cidade paulista de Jacareí. Ali já está sendo erguida a fábrica da marca, que produzirá 150.000 unidades por ano (inicialmente, apenas 50.000/ano).

Para transformar o local numa “cidade industrial”, a marca pretende atrair fabricantes de autopeças do Brasil e outras multinacionais, diminuindo também seus custos logísticos. Se os preços das empresas brasileiras não forem competitivos, a Chery deverá formar parcerias com fabricantes de autopeças chinesas.

Mas os planos não param por aí. Futuramente, a marca também quer erguer uma fábrica de motores, além de exportar tudo isso para Argentina, México e Uruguai. Ao todo, ela espera investir mais de 400 milhões de dólares no projeto. Os dois modelos que serão produzidos por aqui ainda não foram definidos.