Com produção atual, Brasil poderá importar R$ 60 bi de gasolina até 2020

Essa é a expectativa do governo, conforme previsão feita por Marco Antônio Almeida, secretário de Petróleo, Gás Natural e Combustíveis Renováveis do Ministério das Minas e Energia.

Para o governo, o crescimento da demanda de combustíveis no Brasil poderá obrigar a importação dos citados 60 bilhões de reais até 2020. A conta feita leva em consideração um aumento na demanda de 4,5% ao ano, o que representa um consumo máximo de 1 bilhão de litros de gasolina por mês, daqui a oito anos.

Para melhorar essa situação, Almeida citou a necessidade urgente de aumentar a produção interna de álcool e gasolina, algo que exigiria muito diálogo entre o governo, a Petrobras e os produtores. Outra ação que também diminuiria essa expectativa de importação seria o aumento do consumo do etanol no Brasil, que cai a cada dia, devido ao alto preço em relação à gasolina.