Nova Chevrolet S10 chega para dominar segmento (com galeria de fotos)

Veja o preço de cada versão da nova Chevrolet S10, clicando AQUI.

Finalmente, depois de muita expectativa, podemos ver claramente como ficou a nova S10. A Chevrolet parece ter acertado em cheio no desenho dessa nova geração, que havia chegado ao país em 1996.

Por todos os ângulos que olhamos vemos algo novo na S10 2012, desde o desenho de sua carroceria até o visual do interior, passando por novos motores e itens de série. Parece que a briga será boa no segmento, que já conta com a líder Hilux, as fortes concorrentes Amarok, Frontier e L200 Triton, e em breve, a nova Ranger.

Exterior não lembra nem de longe a ultrapassada primeira geração

O exterior com certeza será um dos pontos fortes na nova S10. A grade dianteira, usada em outros modelos da marca, parece finalmente ter caído bem, tornando a frente da picape bem mais imponente. Outros pontos altos são os novos faróis (de dupla parábola ou com projetor) e as lanternas com LEDs (versão LTZ).

As rodas podem ser de 16 ou 17 polegadas, dependendo da versão. Algo que não pode faltar numa boa picape é um espaço de carga igual ou melhor que a concorrência, e isso a nova S10 parece ter conseguido. São 1.570 litros e 1.303 kg de carga na versão com cabine simples (que mede 2,32 m de comprimento, 1,53 m de largura e 0,44 m de altura), e 1.208 kg na opção com cabine dupla (sendo que a caçamba mede 1,48 m de comprimento, com as outras medidas iguais à cabine simples).

O tamanho do modelo também deverá agradar. Na versão com cabine simples, são 5,36 m de comprimento, 1,78 m de altura, 2,13 m de largura e 3,09 m de entre-eixos. Já no caso da cabine dupla, o crescimento também foi notável: 5,34 m de comprimento, 1,79 m de altura, 2,13 m de largura e 3,09 m de entre-eixos. O tanque de combustível é de 80 litros.

Interior renovado, moderno e com muita tecnologia

Ao entrar na nova S10, os ocupantes logo verão o “dual cockpit”, sistema usado pela marca que divide o espaço entre o motorista e o passageiro. O painel de instrumentos também é novo e simples, mas de muito bom gosto, com iluminação Ice Blue.

A Chevrolet também se preocupou em melhorar a qualidade dos materiais empregados na picape, que agora vem com detalhes cromados na versão mais cara, bancos com novos tecidos ou couro, novos equipamentos e até 26 porta-objetos. O espaço para os ocupantes traseiros também parece ter melhorado, assim como a posição do banco, que antes era muito alto e estreito.

Versões e equipamentos

A nova geração da Chevrolet S10 virá bem equipada, em todas as versões. Sua linha estará dividida nas opções LS, LT e LTZ, com versões de cabine simples ou dupla e tração 4×2 ou 4×4. A gama de cores terá as opções branco, preto, prata, bege e dois tipos de cinza. Confira os itens de cada versão, que terão sempre 3 anos de garantia:

S10 LS – ar-condicionado, direção hidráulica, freios ABS, computador de bordo, limited slip (sistema de deslizamento limitado do diferencial), ganchos externos na caçamba, protetor de cárter, grade de proteção no vidro traseiro e espaço para seis ocupantes, pois o banco do passageiro pode levar até duas pessoas.

S10 LT – além dos itens acima, vem com airbag duplo (na versão com cabine dupla), piloto automático com comandos no volante, vidros elétricos nas quatro portas, travas elétricas, chave canivete, regulagem na coluna de direção, sistema de som com CD player/MP3/Bluetooth e entradas mini-USB e auxiliar, alarme antifurto, carpete, farol de neblina, desembaçador do vidro traseiro, repetidores de seta nos retrovisores, gancho de reboque dianteiro, alça de apoio dos dois lados e rodas de liga leve de 16 polegadas, com pneus 245/70 R16.

S10 LTZ – disponível apenas na versão com cabine dupla, vem com: ar-condicionado digital, bancos do motorista com ajustes elétricos de 6 posições, controles de tração e de estabilidade (versão LTZ diesel), volante com controles de áudio e piloto automático, bancos revestidos em couro, acabamento cromado no painel, alavanca do câmbio e maçanetas externas, regulagem elétrica dos faróis, lanternas traseiras com LED, luz de neblina traseira, estribos laterais, rack de teto e rodas de liga leve de 17 polegadas, com pneus 255/65 R17.

Linha de motores e transmissões promete potência e eficiência acima da média

A picape contará com duas opções: 2.4 flex e 2.8 turbodiesel. A primeira foi mantida da antiga geração, mas está com mais torque, vindo com 141/147 cavalos e 24,1 kgfm. A grande novidade, porém, é a entrada do motor 2.8 CTDI Turbodiesel que, segundo a marca, é totalmente novo. Ele entrega 180 cv e ótimos 47,9 kgfm de torque (com câmbio manual são 44,9 kgfm).

Aliado aos motores estarão as novas transmissões manual de cinco marcas e automática de seis velocidades, com opção de trocas manuais.

GALERIA DE FOTOS: