Novo acordo entre Brasil e México começa a valer hoje

A longa negociação entre os governos de Brasil e México, referente ao comércio de automóveis entre os países, finalmente terminou. E o que foi decidido, na semana passada, passa a valer nesta segunda-feira (19).

Os pontos que vão mudar no acordo foram confirmados pelo governo brasileiro, em nota oficial emitida hoje. A principal mudança será a adoção das seguintes cotas, que valerão durante 3 anos:

– 19/03/2012 até 18/03/2013: cota de US$ 1,45 bilhão
– 19/03/2013 até 18/03/2014: cota de US$ 1,56 bilhão
– 19/03/2014 até 18/03/2015: cota de US$ 1,64 bilhão

Outra mudança decidida pelos dois governos é o aumento do conteúdo regional dos carros exportados, que era de 30%. Com as novas regras, ele passará para 35% neste ano, 40% no ano que vem e 45% entre 2015 e 2016 (este último aumento ainda é apenas uma expectativa). Por outro lado, o novo acordo continua isentando os carros vindos do México de pagar os 35% de importação, assim como o IPI maior.

Entenda o que levou às negociações

O acordo entre Brasil e México vinha desde 2002, sem quaisquer mudanças significativas. Foi o governo brasileiro que se incomodou nos últimos anos, alegando que o México estava sendo altamente favorecido. A lista dos modelos que vem desse país incluem Chevrolet Captiva, Dodge Journey, Fiat 500, Fiat Freemont, Ford New Fiesta (versões sedã e hatch), Ford Fusion, Honda CR-V, Nissan March, Nissan Sentra, Nissan Tiida, Nissan Versa e VW Jetta (incluindo versão Variant).

[Fonte: G1]