Planos da Mitsubishi para o Brasil não incluem o Mirage

Se tudo ocorrer dentro do planejado, ainda vamos falar muito da Mitsubishi por aqui. E quando falamos em planos, nos referimos à ambiciosa meta da marca de chegar a 100.000 unidades vendidas por ano até 2015.

Isso tudo envolve um forte crescimento nos mercados emergentes, como o Brasil. Conforme publicou o iG Carros, nosso mercado receberá uma atenção especial da Mitsubishi nos próximos anos, o que incluirá o lançamentos de alguns modelos e a nacionalização de outros, baixando consideravelmente seus preços.

Os primeiros a iniciar sua produção por aqui serão o ASX e o Lancer, que entrarão na linha da fábrica de Catalão (GO), em 2013 e 2014, respectivamente. Depois disso, a marca também quer construir uma fábrica de motores, de onde sairá o bloco 2.0 que equipará os dois modelos citados, e também iniciar a produção do Outlander. Após todas essas ações, a Mitsubishi quer parar com a importação de seus modelos, o que não tem sido uma boa ideia após a alta do IPI.

Mas nem todas as notícias são boas. Se por um lado a marca fala em produzir todos esses modelos por aqui, ela nega a chegada do Mirage nos próximos anos. Para trazer seu principal produto global ao Brasil, a marca fala numa demorada adaptação de suas lojas, pesados investimentos em propaganda e até a construção de uma nova fábrica. Ou seja, isso vai demorar para acontecer.

[Fonte: iG Carros]

  • A Mit é s sétima fabricante no mercado Japanese apenas uma posição a frente da Subaru. Crescer no Brasil para vender 100k carros requer investimentos significativos. Será essa realmente a estratégia da Mit ou ira ela continuar a operar em nichos?

    A conferir.