SP: Pedágios ficarão mais caros a partir de domingo

Se você é daqueles que já acham os pedágios caros no estado de São Paulo, saiba que a situação ainda vai piorar no próximo mês.

Foi anunciado pela Agência de Transporte do Estado de São Paulo (Artesp) que, a partir de domingo (1º de julho), haverá um reajuste relativo à inflação acumulada nos últimos 12 meses, o que fará os valores cobrados nos pedágios subir entre 4,26% e 4,98%. As praças administradas pela Ecovias, nas rodovias Anchieta e Imigrantes, são as que sofrerão o maior aumento, passando para R$ 21,20 (aumento de R$ 1,10) para veículos de passeio.

Vale lembrar que nas rodovias com apenas um pedágio, como é o caso das citadas acima, o aumento ficará concentrado, o que pesará ainda mais no bolso dos motoristas. Na maior parte dos casos, porém, o governo anunciou que o aumento não passará de R$ 0,30 para veículos de passeio.

As reclamações contantes em relação aos preços dos pedágios em SP foram até motivo para promessa de campanha do governador Geraldo Alckmin em 2010, quando ele havia garantido uma revisão dos contratos. Depois disso, porém, ele decidiu não quebrar os contratos existentes, mas sim fazer um estudo (ainda não concluído) para saber como poderia melhorar a situação. Outra alternativa é o Pedágio Ponto a Ponto (leia mais aqui), que já está implantado em alguma rodovias, podendo ser colocado em todo o estado no futuro.

Clique aqui para ver todos os aumentos dos pedágios na rodovias paulistas