Chupeta da Bateria, Como Fazer

A alguns dias atrás eu ou minha mulher, um de nós dois acabou deixando o som do carro ligado, como ficamos 2 dias sem ligar o carro e a música correndo solta a bateria acabou indo pro “beleleu”, sim foi preciso fazer a famosa chupeta.

chupeta

Vi que é preciso tomar alguns cuidados com a chupeta existe cabos e cabos para vender no comercio, infelizmente os mais baratos não funcionam, foi o que aconteceu comigo no mesmo dia, era um cabo de menos de R$10 fino como um fio, não existia possibilidade de como passar a carga para simplesmente, ligar o carro, foi preciso ligar para um amigo e pedir o cabo emprestado.

Fiquei pensando no acontecido e agora te pergunto, você sabe fazer uma chupeta? Sabe se faz mal para o veiculo?

Vamos responder primeiro a segunda pergunta que é mais curta, simplesmente não, fazer chupeta não estraga o veiculo bem diferente do que fazer o carro pegar no tranco o que pode “trancar mesmo” o seu veiculo.

Como disse antes, a primeira coisa para uma chupeta é a utilização de cabos adequados, que passem energia o suficiente, procure em estabelecimentos especializados em carros, ou em auto-elétrica, não pensa de forma alguma em utilizar fios domésticos, os mesmos aquecem tanto que derretem podendo ocasionar um acidente grave.

Os cabos normalmente vêm em duas cores e você pode encontrar também com o zelador do seu prédio ou na portaria de edifícios, sempre tem em caso de algum inquilino ficar sem bateria.

Com o cabo na mão é preciso ter outra bateria, posso ser a de um veiculo mesmo, de preferência com a mesma amperagem, caso não tenha a mesma amperagem a bateria auxiliar que vai transferir a carga deve ter maior amperagem do que a bateria que irá receber a carga.

Mantenha o veiculo que irá transferir a carga com o motor ligado, ache o pólo positivo e negativo, o pólo positivo quase sempre está coberto por uma capinha.

Utilize o cabo de cor vermelho para ligar os 2 pólos positivos, a cor vermelha é um padrão e é preciso ligar primeiros os pólos positivos, é preciso tomar cuidado para que o cabo não encoste em nada, principalmente para não encostar no pólo negativo da bateria.

Em seguida liga os pólos negativos, sempre utilize vermelho para pólo positivo e preto para o pólo negativo, assim você nunca irá se confundir e causar um acidente invertendo os pólos.

Após os pólos estarem ligados tente ligar o carro com a bateria descarregada, se não conseguir em 5 tentativas desista e chame um mecânico para não causar maiores dados ao seu veiculo.

Claro que após a bateria voltar a funcionar é preciso dar umas voltas com o carro, preferencialmente de faróis desligados e sem nada que posso fazer com que o carro consuma muita bateria, também é aconselhável que veja qual foi o motivo da descarga da bateria.