Como acertar ao comprar seu primeiro carro

primeiro-carro

Um carro próprio é o primeiro sonho de consumo de qualquer pessoa: significa independência e liberdade para ir a qualquer lugar, quando quiser. Geralmente é o primeiro sonho de consumo porque é mais barato que uma casa própria, mais fácil de ser adquirido e representa uma verdadeira mudança na vida e no status social.

Como existem muitos modelos disponíveis no mercado, com diferentes especificações e, mais importante, faixas de preço, muitas pessoas ficam em dúvida de qual carro adquirir. O primeiro carro é muito importante tanto para se adaptar a dirigir quanto para adquirir experiência, já que um primeiro carro de direção difícil pode ser um verdadeiro trauma.

Antes de tudo, você pode pagar? E quanto?

A primeira etapa do processo de compra do primeiro carro é o planejamento financeiro. É importante ter em mente que, não obstante os automóveis custarem alguns mil reais, o custo que você terá não será apenas com o valor do veículo em si ou com as parcelas do eventual financiamento; é necessário ter em mente que existem os custos de manutenção e reparos do veículo, bem como seguro, impostos e encargos necessários para manter a documentação em dia.

Pesquisas realizadas por órgãos de defesa do consumidor já revelaram que o custo médio para se manter um carro popular pode beirar os R$ 900 por mês. Então, é fundamental saber se, além das parcelas do financiamento, o seu orçamento não ficará “afogado” com os custos do seu primeiro automóvel. Saiba mais sobre financiamento de automóvel através deste link.

O primeiro carro não precisa ser 0km

Um veículo seminovo pode ser ideal para um primeiro veículo. Isso porque quando começamos a dirigir não temos muita noção de como os modelos são, como são as direções e tudo o mais. Pode ocorrer de você se comprometer em um longo financiamento de um carro 0km que não é o ideal para você, ou com o qual você não se adapte. Um veículo seminovo pode ser uma boa alternativa nesses casos, até por representar um custo menor do que um 0km.

Entenda as formas de pagamento

Existem várias formas de você pagar pelo seu primeiro carro, e cada uma tem suas vantagens e desvantagens – exceto o pagamento à vista, que te isenta de juros e eventuais encargos de financiamento. Veja as principais formas:

• Leasing: a concessionária permite que você usufrua do veículo pagando um valor mensal, sendo que você pode ficar com o automóvel no final do contrato (pagando o valor acordado) ou devolvê-lo.

• Crédito Direto ao Consumidor: fixados geralmente em contrato de 24 meses. O veículo, apesar de ficar com o novo dono, é usado como garantia da dívida, e em caso de inadimplemento pode ser recuperado pela concessionária.

• Consórcio: opção mais econômica, pois te isenta dos juros de financiamento. No entanto, não é recomendado para quem tem “pressa” em adquirir o veículo, pois os consórcios possuem meios de contemplar seus participantes que podem demorar algum tempo.

Pesquise para não se arrepender

O ideal é pesquisar em sites, fóruns e revistas personalizadas sobre qual o veículo ideal para você e realizar test-drives para se certificar de que esse primeiro grande investimento não se tornará um grande arrependimento. Realizar um bom planejamento financeiro também é fundamental para não se envolver em uma dívida impagável e que poderá trazer transtornos para você e seu primeiro carro no futuro.